Próximo Ritual Aberto:

  • 00 Dias
  • 00 horas
  • 00 min
  • 00 seg
+

Artigos

Valorizar as pessoas da nossa vida

Categories: Reflexões,Vídeos

noticia_84834

Vocês já perceberam que é só alguém morrer, que a mídia começa a fazer matérias e reportagens que visam demonstrar o quão boa essa pessoa era? Quantas pessoas famosas existem que se tornaram conhecidas apenas depois de sua morte? E isso não é assim em nossa vida também? Mal alguém se vai e nós já começamos a nos lembrar das inúmeras histórias que tivemos com a pessoa com um saudosismo dolorido.

Não vamos nem entrar no mérito da questão de que a separação física é uma grande ilusão, mas por que esperamos as pessoas não mais fazerem parte de nossa vida diária para valoriza-las? Não seria mais sensato fazê-lo enquanto podemos nos beneficiar com a companhia desta mesma pessoa?

Olhar para cada pessoa de nossas vidas e entender que há sempre algo sendo aprendido e ensinado é uma grande dádiva. Nós apenas nos tornamos conscientes de tudo o que temos quanto mais o compartilhamos. O ato de compartilhar nos faz conscientes de nossa própria abundância e o quanto de nós mesmos damos em todas as nossas relações?

Quando estamos prestes a nos separar fisicamente de alguém, seja por qual motivo for, temos a ingrata ilusão de pensar que tudo o que conta são os últimos momentos que passamos ao lado dessa pessoa querida. E a culpa sempre encobre nossa visão a respeito da verdade: o vínculo que criamos com as pessoas da nossa convivência vai além do contato físico. Basta lembrarmos que dois corpos não podem se unir, mas duas mentes podem.

E, nesse sentido, trazemos a reflexão: somos conscientes das grandes dádivas que fazem parte de nossas vidas? E, se não somos, estaríamos dispostos a fazer um exercício de recordação no presente?

Author: Willian Tello

Fundador e dirigente do Instituto Espiritual Xamânico Flor de Lótus