Próximo Ritual Aberto:

  • 00 Dias
  • 00 horas
  • 00 min
  • 00 seg
+
<>

Viva Mestre Irineu!

Nós do Instituto Espiritual Xamânico Flor de Lótus, reservamos esse espaço para manter viva a memória de nosso querido Mestre Irineu. Buscamos manter em nosso trabalho o respeito, a seriedade e a responsabilidade ensinada pelo Mestre.

Embora não sigamos a doutrina do Daime, reservamos em nosso ritual um momento para os hinos. Orientamos nosso grupo e as pessoas que aqui vêm conhecer a sagrada bebida os preceitos ensinados por Irineu e mantemos em nossa mente a disciplina e a firmeza do pensamento, sempre buscando compreender e estender os ensinos da rainha.

Nesse espaço apresentamos uma pesquisa bibliográfica sobre a vida e obra deste distinto senhor, que com sabedoria, honra, simplicidade, amor e persistência construiu um legado que mudou a história da ayahuasca em nosso país. Essa pesquisa está pautada nos estudos mais recentes sobre a vida do Mestre.

Nosso objetivo é, como dito anteriormente, apenas manter viva a memória do mestre. O registro dessa tradição é uma necessidade urgente. A herança cultural vinda da floresta e o legado da tradição do Daime se encontrou e se encontra ameaçada ao esquecimento e a distorções.

Conhecer a vida de Mestre Irineu é conhecer uma vida fundamentada na experiência da cultura da paz herdada do xamanismo ancestral, com elementos de integração e respeito na relação com a natureza. É uma história de travessia, onde as fronteiras do uso da ayahuasca foram completamente reconfiguradas, transpondo a florestas e os xamãs, vindo firmar sua luz nos centros urbanos pelo Brasil e pelo mundo.


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, 

que já tem a forma do nosso corpo, 

e esquecer os nossos caminhos,  

que nos levam sempre aos mesmos lugares.  

É o tempo da travessia:  

e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado,  

para sempre, à margem de nós mesmos.

                                                Fernando Pessoa

Textos inspirados em estudo de Marcelo Borges: A história

da ayahuasca no Brasil. Um estudo Ontológico sobre as

fronteiras da travessia humana com o suprassensível


Artigos sobre a História de Raimundo Irineu Serra

Esse artigo reflete sobre o contato de Irineu com o xamanismo e a importância desse contato na formação da Tradição do Daime.


Artigo relatando o contexto dos seringas no momento da chegada dos peregrinos nordestinos. Tal nos ajuda compreender a formação da futura Doutrina do Daime, ensinada pelo Imperador Juramidam!


Artigo relatando o contexto do século XX em sua realidade histórica e seu reflexo na mentalidade nos seringais, locais onde a ayahuasca encontrará ‘terreno fértil’ para levar sua cura e transformação mental.

Esse artigo relata sobre o início do longo caminho que Mestre Irineu irá percorrer até conseguir manifestar a missão por ele recebida diretamente da Rainha da Floresta.


Nesse artigo relatamos o encontro de Irineu com a ayahuasca, fato que mudaria completamente a comunhão da bebida no Brasil.

A partir de uma orientação dada por um companheiro, Irineu recebeu a divina instrução, 8 dias de batalhas, alimentação restrita, saia voando, tiros de espingarda na floresta, assim foi a iniciação de Irineu para receber a Grande Revelação.

(…) Seu posto no comando do Daime lhe conferiu autoridade maior que um simples professor, ele é o Mestre Imperador Juramidam, filho da virgem da Conceição, que começaria a missão de doutrinar o mundo Inteiro.


Nesse artigo narramos o longo caminho de aprendizado e persistência que Irineu teve que percorrer até conseguir manifestar sua missão.


Aqui relatamos sobre o nascimento da Doutrina, o novo batismo da bebida e o recebimento do titulo Juramidam.

Relato sobre a origem do simbolo do Santo Cruzeiro.